Remédios caseiros para disidrose

Tratamento por remediodaterra
Doença: Infecção
Ingredientes: Milho

Introdução

Remédios caseiros para disidrose

Pra quem não conhece a disidrose é uma doença. Suas características são : o aparecimento de erupções cutâneas que aparecem e voltam repentinamente. Elas são formadas a partir das vesículas, isoladas ou confluentes que estão juntas e amontoadas, com conteúdo viscoso. As vesículas são lesões localizadas na pele de interior líquido, com o comprimento de até um centímetro de diâmetro. Quando passa de um centímetro são chamadas de bolhas. As lesões arremetem apenas as mãos e os pés. A forma de contaminação mais comum é por meio da comida contaminada (podre, azeda) ou por meio da água contaminada,  são comuns em crianças entre 08 a 15 anos. Saiba mais em : Remédios Caseiros para Disidrose.

Disidrose

A disidrose tem o maior índice de infecção em pessoas na faixa dos 20 aos 40 anos de idade. Por muitas vezes é  encontrada em mais ou menos 4,8% dos pacientes com um pouco menos que 10 anos de idade. Contamina da mesma forma os dois sexos e manifesta-se na maioria das vezes em pessoas brancas, acima de 80% dos casos.A disidrose, é conhecia também pelo nome de eczema disidrótico ou desidrose. As erupções na pele são suas principais características e costumam ter origem reincidentes. A disidrose tem inúmeras causas.Sendo como uma dermatite definido a partir da presença de lesões vesiculares, ou seja, algumas bolinhas, localizadas na palma das mãos e, às vezes, nos pés também.As bolinhas caracterizadas pela disidrose tem no seu conteúdo uma forma líquida e de coloração transparente e muitas vezes de coloração amarelada. Diferente do que muitas pensam, a disidrose não é de origem genética. As lesões quando ressecadas , formam pequenas crostas, que descascam e passam a descamar e ressecar. De manira mais popular, as pessoas dizem que estão com “pequenas bolhinhas de água que viram casquinhas”. Isso é a Disidrose.

A disidrose é bastante comum no período em meio ao verão. A disidrose de modo maneira geral, está associada ao estresse emocional. Sua origem é estranha. É basicamente caracterizada clinicamente pela presença de vesículas “ressecas” (erupção não exsudativa, que é a não saída de líquidos orgânicos através das paredes e membranas celulares) que levam a ocorrer a escamação. Associam-se o prurido e a hiperidrose. Seu aparecimento dura em média três semanas. Mas podendo prolongar-se. Sua evolução crônica favorece a dermatite de contato alérgica, desencadeada principalmente por medidas terapêuticas não adequadas e por vezes associa-se também a infecção bacteriana.

Diagnóstico da disidrose

Para chegar no diagnóstico da disidrose,  é indispensável uma descrição detalhada do médico e exame por meio direto das lesões. Exames adicionais possivelmente são indispensáveis para reconhecer as causas da disidrose. Como a disidrose muitas vezes é uma reação a uma infecção fúngica, pode-se fazer pesquisa direta e cultura de fungos a partir de material das lesões, porque mesmo nas reações à distância há a presença de fungos nas lesões.

Como prevenir a disidrose ?

Fique alerta e siga algumas recomendações para prevenir e combater a disidrose :

  • Mantenha sempre as mãos e os pés muito bem limpos e secos;
  • Prive-se do contato com substâncias irritantes, como produtos de limpeza, por exemplo;
  • Aplique sempre um creme hidratante, todos os dias, para que a pele não fique seca nem descame.

A não ter cura, mas a doença de pele pode sim ter controle. Os sintomas podem aliviar, a medida em que o indivíduo faça o tratamento corretamente da maneira indicada pelo dermatologista. Adote corretamente os cuidados.

Remédio caseiro para disidrose

Ingredientes

  • 1 litro de água
  • 1 colher (de sopa) de flores de jasmim

Modo de preparo

Colocar a água para ferver e depois adicionar as flores de jasmim. Deixar esfriar, coar, molhar as compressas ou gazes no chá e aplicar na pele afetada.

  • Água oxigenada
  • Uma solução de 3% de água oxigenada pode curar bolhas persistentes, porém recomenda-se que seja usada apenas uma vez por semana. Simplesmente umidifique uma bola de algodão com o peróxido e aplique sobre a área afetada para aliviar os sintomas.

Solução de vinagre branco

Uma solução de vinagre branco na área afetada também pode afetar a disidrose. Isso ocorre pois o vinagre muda o equilíbrio de pH da pele, parando qualquer crescimento fúngico na região.

Níquel

Retirar níquel da dieta pode ajudar a prevenir aparições futuras, já que existem indícios que o níquel pode ativar a disidrose. Alimentos como chocolate, aveia, frutos do mar, amêndoa e vegetais enlatados são ricos em níquel.

Leite de aveia

Aplicar leite de aveia na área afetada pode aliviar a dor e diminuir a coceira relacionada a disidrose.


Referências

Conteúdo encontrado em:

https://remediodaterra.com/remedios-caseiros-para-disidrose
photo Infecção

Infecção

Doença

Infecção (português brasileiro) ou Infeção (português europeu) é a invasão de tecidos corporais de um organismo hospedeiro por parte de organismos capazes de provocar doenças, a sua multiplicação e a reação dos tecidos do hospedeiro a estes organismos e às toxinas por eles produzidas. Uma doença infecciosa corresponde a qualquer doença clinicamente evidente que seja o resultado de uma infeção,...Mais